sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Imagem que é um exemplo reciclagem e jardinagem

A imagem diz por si só:


terça-feira, 24 de setembro de 2013

Vibrato Saxofone e o vídeo de Lander : minha pequena opnião/desabafo pessoal

Olá macacada. Esse texto não foi feito como forma de provocação, está mais para um desabafo de minha pessoa neste ponto fétido da internerd.

Como muitos internautas desconhecidos sabem, sou um cara que curte fazer saxofones de pvc, pois acredito que o sax, mesmo sendo um instrumento de som belíssimo, em verdade, sofra de um grande fetiche da mercadoria. Creio que este instrumento, como muitos, seja reproduzível/fabricável por reles mortais cheios de vontade. Afinal, porque só um punhado de empresas podem fazer as coisas, se os conceitos para produção de som (corpo cônico e palheta simples vibrando) são relativamente simples de reproduzir? 

Claro que, quando vemos um sax na loja, num show, vemos um instrumento com muitas chaves, mas, creio que, com o tempo, seja possível faze-las em casa, de modo a um dia eu ou outro fabricante conseguir fazer um sax caseiro que chegue, em extensão de notas, perto de um sax de fabrica. Creio que um dos que mais próximos chegaram foi o Gilbran e seu sax de resina, que podem ser vistos aqui! 

Eu ainda estou na caminhada por aperfeiçoar e fazer meus saxofones, minha missão é desenvolver uma forma de fazer um sax com materiais comuns, que sejam acessíveis as pessoas comuns, e por isso optei pelo pvc (creio que se fosse pela fibra de vidro ou resina, já teria um perfeito em mãos, mas não é minha missão, que é criar um conhecimento livre para todos sobre a fabricação alternativa deste instrumento). Então, sempre me empolgo quando vejo tentativas de saxofones de bambu e pvc, bem como outras, como clarinetes e xaphoons.

Bom, onde quero chegar com todo este texto? Quero dizer que a alguns tempos tomei conhecimento do saxofone da marca Vibrato, todos os vídeos que vi dele, de testes, foram muitos bons, o som é muito belo, e, eis que vi outro vídeo, um dum cara que é um saxofonista relativamente conhecido, o Lander, vídeo que pode ser visto aqui!

Eis que assisto o fatídico vídeo, onde o citado saxofonista toca o sax da Vibrato, faz umas piadas, e, ao se referir a um sax de plástico e mau som ou brinquedo, mostra um dos vídeos de Somsak Supasiri (minuto 5:06-5:13 do vídeo), um dos caras que me inspiraram a fazer um sax, um cara que faz sax de pvc para ensinar a criançada e doa alguns para templos budistas (o outro cara foi o jamaicano SugarBelly). Isso me irritou muito, e me pergunto, qual as chances de eu ser o próximo? A resposta é MUITA, afinal de contas, sou um cara que vira e meche solta vídeos na internet sobre sax de pvc, sou um cara que sempre está pensando nisso! Então, não digo que houve identificação, que sim, houve. 

O Vibrato tem muito mais notas que o sax de Somsak Supasiri, o meu e de outros? Creio que sim, e não tiro a Vibrato por isso, o mérito é todo dela. O ponto que me irritou foi ele colocar algo que é o esforço de muitos em fazer seu próprio instrumento como algo ruim, como uma piada, como algo sem qualidade ponto e cabo. Isso me irritou muito, e o vídeo me pareceu uma grande propaganda da Vibrato, um grande fetichismo da mercadoria sobre tal, e temo muito que isso possa servir de alicerce para conceitos horríveis como "o que é de fabrica é melhor", e outros mais que façam as pessoas esquecerem que estes instrumentos são feitos por humanos, portanto, podem ser reproduzidos por humanos, desde que se esforcem. Temo que as pessoas que assistirem ao vídeo internalizem o fetichismo da mercadoria e esqueçam que um saxofone ou um clarinete no Brasil é muito caro, mesmo os usados passam de um salário mínimo. Como é que gente pobre, da periferia, vai comprar um sax ou outro instrumento se tem de se preocupar com seu próprio sustento? Como é que eu, que sou pobre, vou comprar um treco destes se tenho contas a pagar e sustentar minha família?  Pobre só tem 3 saídas nesse caso: 1-se numa dívida comprando em x parcelas um instrumento; 2- não compra e desiste de se tornar um musico em x instrumento, e vive frustrado e 3- faz o instrumento. A ultima opção é meu caso, bem como de muitos outros, e espero que inspire muitos outros em fazer seus próprios instrumentos, pois ai verão que há muitas possibilidades, ganharão muitos conhecimentos, e, quem sabe, darão um passo à frente e superarão as limitações minhas e de outros.

Enfim, coloco este texto em meu ponto fétido da internerd, não como forma de comprar briga (apesar de que sei que um dia isso irá ocorrer, creio que quando eu lançar meu livro sobre instrumentos de sopro reciclados choverá criticas e trolls, e terei de me defender), mas mais como um desabafo de algo que me deixou chateado. Lander é um bom saxofonista, mas creio que no ponto que ele mostrou no vídeo ele foi infeliz, no mínimo. Se um dia Lander ler essas linhas, que me perdoe, mas, foi muito infeliz mesmo, só prestou um favor para a empresa, ao cultuar o fetichismo da mercadoria com seu video-propaganda do Vibrato. Cata-corno Google: Saxofone de pvc vs Saxofone de Fábrica, Lander, Roubo do Conhecimento, Fetiche da Mercadoria, o que é de fabrica é melhor ? ! , 

terça-feira, 30 de julho de 2013

[youtube video] MUYE ou Leaflute - flauta de folha!

Olá macacada, fmz?
Achei hoje esses 2 vídeos de como tocar com folhas (muye no original chines, segundo esse site  - leaflute, como descrito nos vídeos), e achei muito interessante tal. Me trouxe muitas lembranças da década de 1990, onde os meus colegas de sala faziam isso com folhas de papel de bala para irritar os professores e a turma toda. Fiquei pensativo se alguém naquela época chegou a pensar em fazer algo,ou não, visto a repressão que havia em tocar tal, considerado simplesmente como zunido ou ruido.
Enfim, segue os vídeos abaixo, com legendas em inglês:





Analisando a forma que se dá, mais me parece o sistema de produção de som como uma buzina e gaita.
Para produzir o som, deve-se posicionar a folha, algo em torno de 0,7cm para o lábio superior, e soprar de forma a ela vibrar. As diferentes notas se dão pela força a se aplicar com os lábios na folha.
Confesso que, até esse momento, não consegui tocar como o camarada do vídeo, é dificil tocar, mas, nada que perseverança e paciencia não façam.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Mais alguns videos meus no youtube

Fala ae macacada, saudades? Não?!?!?! Tudo bem...
Venho a esse ponto fétido da internerd postar mais alguns dos meus toscos-vídeos que deixei no meu canal de youtube. Eles foram filmados por minha esposa no mesmo dia, com o intuito, na época, de fazer propaganda dos meus instrumentos para venda...qualquer dia eu tomo coragem e vendo eles, agora é só para meu deleite e o desgosto de quem assistir os vídeos, haha :D



Essa musica criei em flauta doce soprano a muito tempo, mas não tinha coragem de expor ela na internerd. Após algumas insistências de minha esposa, coloco ela ai, sob creative commons, ou seja, podem toca-la, copia-la e altera-la, de forma gratuita, mas, sempre citando minha autoria :D
No vídeo, toco um clarinete sopranino de bambu, afinado em Dó.



Esse pequeno vídeo é uma improvisação que fiz, surgiu do nada, espero que gostem :D



Sim, é possível fazer uma flauta com papelão!!! O segredo é fazer os furos com um ferro quente, e revestir onde será o bocal com durex, para haver mais resistência à umidade.



Mais um vídeo de que é possível fazer flautas de materiais inusitados, no caso, coco! O segredo é cortar o coco ao meio, retirar a polpa (e come-la), reunir as 2 metades com cola quente, e, onde há o topo por onde tira água, fazer o bocal no estilo quena. Fiz essa "cocarina" com 6 furos de digitação, todos os furos com ferro quente. Creio que seja melhor só 4 furos por essa experiência.



Esse é um vídeo em que toco meu clarinete sopranino com a Carla "Consciência", no caso, uma musica do Cumadi Florzinha.

sábado, 18 de maio de 2013

[youtube] Chau do Pife - alguns videos

E ai macacada, fmz?
Hoje postarei aqui uns videos que andei assistindo do Chau do Pife, um dos grandes tocadores de pife de nosso brasilsão.
Espero que curtam :D















domingo, 12 de maio de 2013

[youtoba] Alguns vídeos dos Ratos de Porão

E ai macacada criada a pera e ovomaltine, que curte Neymar, fica ai ouvindo trilhinha a lá 
NxZero, Restart, além de engordar na frente do pc jogando alguma bosta como Assassins Creed, blz?


Hoje postarei nessa porra de espaço perdido na internerd uns clips ai do youtoba pra oceis ver, no caso, dos RATOS DE PORÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!! (se quiserem saber mais sobre a banda, cliquem aqui  ).









]






quinta-feira, 9 de maio de 2013

[youtube curta] Livre, Cultivo

Olá macacada!!!!
Hoje, preparando um currículo e lendo os de meus colegas, me deparo com algo que nem lembrava, isto é, que participei da filmagem de um curta, o Livre,Cultivo.
O curta se passa no assentamento Agrovila Campinas, e mostra relatos e imagens de lá...não vou spoillar, só peço que, para quem caiu neste ponto fétido da internerd, assista :D

terça-feira, 23 de abril de 2013

[youtube videos] Flauta e Beatbox

Olá cara macacada, fmz?
Bom, hoje irei postar algo que ando assistindo, que é sobre flauta e beatbox. Ando tentando aprender, então, assisto bastante. Segue os vídeos que assisto abaixo:



Esse foi o primeiro vídeo do tipo que vi, curti muito, e me incentivou a procurar mais. Também me incentivou a fazer uma flauta baixo, e, a bagaça é foda!










Fodão esse cara da flauta de pan!



Uma dupla muito boa!!







Esse vídeo é o mais foda de todos no quesito som, já assisti muitas vezes, e nem sei se é truque ou real o beatbox, mas, se for real, definitivamente é o melhor!



terça-feira, 2 de abril de 2013

[youtube musica] Diego Modena J-Ph Audin - Ocarina (1991) Full Album

Olá macacada, fmz?
Deixo aqui para quem quiser esse som que encontrei no youtoba, de um disco instrumental de ocarina e outros instrumentos:


[Youtube] Link do curta "Oswaldo com W ou o funcionário do mes?"

E ai macacada, fmz?
Elaborei este curta junto com a galera da UNESP-Marilia e do Instituto de Cais, como uma forma de fechamento da II Oficina de Cinema Digital do ano passado, realizada pelo já citado Instituto de Cais e Laboratório de fotografia da FFC.
Deixo ai o link do Youtoba para todos aqueles que tropeçarem neste ponto fétido da internerd:




terça-feira, 26 de março de 2013

Como fazer a flauta quena e quenacho - videos do youtube em espanhol







Como fazer uma flauta transversal de pvc em Dó

Como fazer uma zurna de canudinho

Link de site: Linsey Pollak, o criador do clarinete de cenoura

Olá Macacada, fmz?
Venho compartilhar um link que já havia visto a algum tempo e perdido, mas foi me reenviado por Paolo Troni, e compartilho para vocês, pois há coisas interessantes para quem curte instrumentos de sopro experimentais envolvendo palhetas, inclusive havendo lá como fazer o carrot clarinet, clarini e outros mais:

http://www.linseypollak.com/

quinta-feira, 14 de março de 2013

Postagem nº 200 - dica de anime e site: Sword Art Online

E ai macacada, fmz?
Andei meio sumido por causa de net vagabundo, faculdade, familia e afins. Muita coisa mudou, muita coisa aprendi, muita coisa realmente aconteceu neste tempo!
Mas, vocês que se deparam com este ponto fétido não querem saber disso, provavelmente vieram pelo cata-corno-google procurando sobre a dica de anime, no caso, é o Sword Art Online, indicado pelo meu querido colega Alan Matão.

Esse anime é feito para tod@s que curtem rpg, se passa num futuro não muito distante, onde os jogos são direto no cérebro, e tudo ia bem, até que as pessoas não conseguem mais sair do jogo (falta o botão deslogar).

Enfim, não vou contar mais do anime, mas digo, ele é ÓTIMO, inclusive contendo muitas urubuzeras para os punheteiros de plantão (espero que minha esposa não leia este paragrafo). Segue abaixo o link de um site que tem o anime legendado, com opções ótimas de download ou assistir online mesmo:

http://swordartonline.com.br/#LQ
Lembrando que pirataria, infelizmente, ainda é crime, então, a responsabilidade é dos que a fazem, só divulgo algo que achei interessante, o resto e responsabilidade é de vocês!


quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Ocarina de gelo/flauta de gelo? Sim, é possível!!!

E ai macacada, fmz? 
Hoje venho postar uma brincadeirinha que fiz outro dia, no caso, uma ocarina de gelo. Para faze-la, é necessário:
 -paciência de tentativas, erros e acerto;
 -1 geladeira com congelador funcionando; 
-1 copo de água; 
-1 faca ou ferro que possa esquentar;
 -1 fogão ou algo do tipo para esquentar o ferro.

 Instruções: Deixe o copo com água no congelador, preferencialmente um copo que desenforme facilmente e seja transparente. Quando ver que o gelo já está se formando, mas tem água ainda dentro, fure e retire a água, para ficar oco, esse é o momento mais chato, pois tem de ter paciencia para ver o ponto certo do gelo. Após tal, desenforme, e faça, com um ferro/faca quente, o bocal da quena/transversal e os furos. Na que consegui fazer, usei 2 furos, conforme os vídeos abaixo:
 



 Um dos maiores problemas é que elas não sobrevivem ao calor, bem como o bocal vai se deformando com o sopro, mas, é uma brincadeira bem bacana :D